O LADO NEGRO DA FORÇA VERDE

Extraído do blog ECO BALAIO, de Carolina Derivi: http://planetasustentavel.abril.com.br/blog/eco/lado-negro-forca-verde-225384_post.shtml

Bem e Mau

Não há quem não admire o cara que só compra comida orgânica, madeira certificada, eletrônicos dos mais eficientes e ainda arruma tempo para fazer composteira e reciclar o lixo. Mas esse mesmo cara tem maiores chances de ser um vigarista. Pelo menos é o que conclui uma pesquisa em psicologia social da Universidade de Toronto.

No começo, achei que fosse piada, mas o New York Times e o Guardian levaram a sério. Parece que esse é mais um caso numa longa linha de estudos sobre o fenômeno da ética da compensação. Significa que o sujeito que faz uma boa ação tende a se permitir um comportamento antiético em outra oportunidade, para equilibrar as coisas. É como se uma atitude solidária rendesse créditos para uma pequena maldade.

O Experimento em Toronto envolveu dois grupos de estudantes. Um grupo foi requisitado a fazer compras num site especializado em produtos “sustentáveis”. O outro fez compras numa loja virtual convencional. Depois, ambos participaram de um jogo que envolvia compartilhar dinheiro. Pois os verdes compartilharam menos que os outros.

Ainda teve o teste do videogame em que havia uma clara possibilidade de trapaça. E de novo os verdes trapacearam mais. Para coroar o resultado, os participantes tiveram a chance de coletar o dinheiro que lhes cabia em envelopes dispostos numa mesa, sem ninguém por perto. Sim, os verdes fizeram a linha dedos-leves para levar uma graninha extra, mais do que os consumidores convencionais.

É surpreendente, mas os resultados têm muito a ver com uma crítica recorrente ao consumo verde: a de que as pequenas atitudes servem mais ao alívio de consciência do que para mudar o mundo. Assim, o sujeito que economiza energia em casa acharia mais fácil não pensar na caminhonete 2.4 a diesel que tem na garagem.

Não é o caso desqualificar a índole de todo comedor de brócolis, claro. Os autores do estudo afirmam que o mesmo fenômeno pode ser observado em diversas situações, como no ambiente religioso, por exemplo. Ao fim e ao cabo, esse estudo só vem provar que todo ser humano é contraditório. É como disse o velho Chico: “todo mundo faz pecado logo assim que a missa termina”.

image0084

Pois é, meus amigos, penso que a ética da compensação está mesmo presente em todos os seguimentos e devemos estar bem atentos, sempre. Isso vem a confirmar que todos temos as duas polaridades: LUZ e SOMBRA. Difícil é assumirmos nossa SOMBRA, não é mesmo? Você já deve ter se deparado com situações como a mencionada acima muitas vezes em sua vida, não?

Todo cuidado é pouco. Cuidado para não dizer que “dessa água não vai beber” porque pode acabar se afogando…

Anúncios

Sobre carlosreiki

Bacharel em Direito, Teólogo, Phd em Psicanálise, Pós-graduado em Psicanálise com Especialização em Constelação Sistêmica Familiar, Dr.H.C. em Constelação Sistêmica Familiar, Dr.H.C. em Psicanálise Clínica, Gestalt-terapeuta; Praticante, Mestre e Terapeuta Reiki.
Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s